Cantuquiriguaçu
 
Condetec
 
Municípios
PARANÁ: Novas obras atendem 7 milhões de paranaenses

A Companhia de Saneamento do Paraná tem, hoje, 221 obras em andamento em todas as regiões do Paraná.


Outras 28 devem ser iniciadas nas próximas semanas.

 

Os 249 empreendimentos estão exigindo investimentos de R$ 489,6 milhões. O volume de recursos em obras em pouco mais de seis meses já é superior aos investimentos de todo o ano de 2012, quando foram aplicados R$ 476,3 milhões, um recorde para a companhia paranaense.

 

Os recursos estão sendo aplicados em 153 sistemas de abastecimento de água tratada, com benefícios diretos para 6,4 milhões de paranaenses, e em 96 sistemas de coleta e tratamento de esgoto, que permitirá levar o serviço para 635 mil pessoas. Embora em quantidade menor, para as obras de esgoto são necessários quase 62% dos recursos.

 

“As obras para o sistema de esgoto são bem mais caras. No Brasil, são necessários muitos milhões de reais para elevar em um ponto percentual o índice de atendimento à população”, diz o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone. Nos 345 municípios paranaenses atendidos pela empresa, 100% da população urbana é atendida com água tratada. “Agora, nosso foco é universalizar o serviço de esgoto”, enfatiza o presidente da Companhia. Atualmente, 62,8% dos imóveis têm o esgoto coletado e tratado. A média nacional é de 55,5%, de acordo com o último levantamento do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, de 2011.

 

Entre as 249 obras, destaca-se a ampliação do sistema de abastecimento de água de Londrina. O investimento total previsto para o Sistema Tibagi é de R$ 73 milhões, dos quais R$ 27 milhões já foram concluídos e R$ 35 milhões estão em andamento. As obras no Sistema Tibagi irão garantir o abastecimento de Londrina e Cambé pelos próximos 20 anos.

 

As obras de ampliação do sistema de esgotamento de Apucarana também estão entre os principais empreendimentos. Os investimentos são de R$ 20,3 milhões. O sistema de esgoto de Curitiba está sendo ampliado, com obras na Estação de Tratamento ETE Atuba Sul, e investimento total de R$ 21 milhões.

 

O sistema de esgotamento sanitário de Maringá também está sendo ampliado. O investimento total é de R$ 18,9 milhões. Em Cascavel, o investimento total na ampliação do sistema de esgoto é de R$ 18 milhões. Para ampliar o sistema de esgoto de Ponta Grossa, a Sanepar está investindo R$ 14 milhões na cidade. 

 

 

 

 

 

 

Fonte  - O Paraná 

 

Prefeitos da Cantu
Cantuquiriguaçu - Rua 7 de Setembro, 2160 - Laranjeiras do Sul, PR
Fone: (42) 3635 1854