Cantuquiriguaçu
 
Condetec
 
Municípios
Paraná - Jaime Lerner diz à CPI dos Pedágios que as concessões foram a alternativa mais viável


A reunião da CPI dos Pedágios da Assembleia Legislativa, realizada na manhã desta terça-feira (1º), teve como depoente o ex-governador Jaime Lerner, responsável pelo processo de concessão, quando estava à frente do Estado, em 1998. Lerner disse que os pedágios eram a única solução viável para o Paraná. “Percorri todos os municípios do estado. Eram buracos, falta de acostamento, uma armadilha a cada curva”, disse, iniciando a oitiva.


O ex-governador argumentou que a situação da economia brasileira à época era precária. “Não dá para comparar com agora. A Selic (taxa básica de juros) chegou a 49,25% em outubro de 1998. Não havia subsídios do BNDES. Ninguém investia sem uma taxa de retorno razoável. Pagamos pelo pioneirismo”, ressaltou.


Também falou da redução das tarifas em 50% em 1998, em uma decisão unilateral do governo. “Tentamos um acordo com as concessionárias primeiro, pois a reação da população diante dos valores cobrados nos levou a isso. Pela proposta, as concessionárias reduziriam e adiariam algumas obras. Mas não foi aceita e as empresas entraram na Justiça”.


O deputado Artagão Júnior perguntou a Lerner qual o legado que a CPI deve deixar. Questionou o que o ex-governador achava mais importante: a retomada das obras, a redução das tarifas ou o cancelamento dos contratos.


“Continuar salvando vidas, dando condições de infraestrutura. O trabalho da CPI, assim como o dos demais atores envolvidos neste processo, pode contribuir para isso”, disse Lerner. Segundo ele, por estar fora do governo há 12 anos, não pode opinar sobre possíveis superfaturamentos e demais irregularidades. 

 

 





















Por Assessoria de Imprensa

Deputado Estadual Artagão Júnior

Jornalista Victor Almeida

 

Prefeitos da Cantu
Cantuquiriguaçu - Rua 7 de Setembro, 2160 - Laranjeiras do Sul, PR
Fone: (42) 3635 1854