Cantuquiriguaçu
 
Condetec
 
Municípios
Ministério da Saúde considera atendimento de Laranjeiras do Sul modelo para o Brasil

Segundo o Governo Federal, propostas apresentadas durante Congresso em São Paulo demonstram caminho que o SUS deve adotar nas demais cidades do país


Depois de renovar a frota completamente sucateada e humanizar o tratamento com o quadro de servidores, a secretaria de Saúde de Laranjeiras do Sul tornou-se agora exemplo para todo Brasil, graças aos projetos apresentados no 2º Congresso Brasileiro de Atenção Domiciliar (COBRAD), realizado entre os dias 27 e 30 de setembro, em Campinas (SP). O município foi o único da 5ª Regional de Saúde selecionado para participar do evento com dois projetos apresentados pela enfermeira Keullin Oliboni e a fisioterapeuta Marina Almeida de Moraes. Os trabalhos chamaram a atenção da coordenadoria do Ministério da Saúde pela eficiência e resultado das estrategias aplicadas no atendimento da população.


Segundo Keullin, o ponto de partida do projeto foi o incentivo dispensado pelo Governo Municipal que desde o início do ano vem oportunizando capacitação e liberdade para elaboração de programas para todos os servidores. Ela enfatiza que na sua concepção a proposta pensou em saúde básica. No entanto, conforme avaliação do Ministério da Saúde o projeto é de extrema complexidade e modelo para as demais cidades do país, mesmo o município não possuindo o Serviço de Atenção Domiciliar – SAD como as demais cidades participantes. Porém, ele excuta na íntegra todas as suas ações, ao contrário das demais cidades, que segundo Keullin explanaram sobre a dificuldade de prestar o atendimento. Outro ponto que chamou a atenção no Congresso foi o índice de cobertura do programa de Estratégia da Saúde da Família – ESF, que chega a 100% em Laranjeiras do Sul, média extremamente acima das demais cidades brasileiras.



Outro ponto positivo foi à seleção dos dois projetos - relacionados à Atenção Domiciliar no que tange a Interdisciplinaridade e a Capacitação para Cuidadores de Idosos Acamados para serem apresentados na Mostra Nacional de Experiência Exitosas da Atenção Básica da Saúde em abril de 2014 em Brasília. Conforme Keullin, essas são algumas das muitas atividades desenvolvidas pela Semusa no município que são seguidas por diversas cidades da região e do Estado. Vale lembrar que além de Laranjeiras do Sul, apenas Cascavel e Curitiba representaram o Paraná no Congresso.


A fisioterapeuta Marina destacou que além de apresentar os projetos foi possível trocar experiência com outras cidades brasileiras a fim de potencializar ainda mais o trabalho que já vem sendo desenvolvido em Laranjeiras do Sul.



A secretária de Saúde, Giorgia Luchese destaca que o sucesso de Laranjeiras do Sul no congresso representa, sobretudo a proposta de valorização dos servidores municipais determinada pela prefeita Sirlene que possibilita e estimula que eles executem tarefas além das suas funções.



“A atenção básica de Laranjeiras do Sul é a atenção que o SUS sonha”. Dessa forma a coordenadora geral do Ministério da Saúde, Mariana Borges, avaliou as propostas apresentadas pela equipe da Semusa. Segundo ela, o atendimento prestado pela saúde local vai muito além do prescrito, mas o necessário para vida de cada usuário.










Por Assessoria do Município

Prefeitos da Cantu
Cantuquiriguaçu - Rua 7 de Setembro, 2160 - Laranjeiras do Sul, PR
Fone: (42) 3635 1854